Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

mOVIMENTO de hUMOR

Desenhos originais com um hUMOR que ou fazem pensar ou fazem ranger os dentes.

AIRBUS PAGA PARA EVITAR PROCESSOS DE CORRUPÇÃO

Gomes, 06.12.22

MH-3-06-12-2022.jpg

 

A “joia da coroa” do executivo municipal de Coimbra, materializada na vinda da grande empresa AIRBUS para o nosso concelho, aceitou pagar uma multa de 15,9 milhões ao Tribunal de França para evitar processos por corrupção.

Os factos em causa foram analisados no decurso de três investigações judiciais levadas a cabo em Paris.

- A primeira diz respeito às suspeitas de financiamento líbio da campanha presidencial de 2007 do antigo presidente francês Nicolas Sarkozy, aberta em 2013, visando a venda no final de 2006 de 12 aviões Airbus ao regime de Mouammar Kadhafi.

- A segunda, denominada 'Kazakhgate', aberta em março de 2013, debruça-se sobre suspeitas de corrupção e comissões ilegais pagas a intermediários à margem dos contratos assinados entre França e Cazaquistão entre 2009 e 2010, na presidência de Sarkozy.

Os contratos diziam respeito ao fornecimento de helicópteros, um centro de satélites, dois satélites e 259 locomotivas, por um valor anunciado à época de dois mil milhões de euros.

- Por fim, a terceira diz respeito a suspeitas de corrupção de um gerente de uma sociedade privada e do seu filho por contratos com a República Checa, Koweit e Turqueministão.

No entanto, como se ousa dizer agora em Coimbra, “qualquer pessoa pode fazer uma acusação que entra logo em tribunal”!

A ousadia está na “moda” de inverter a verdade factual: que uma pessoa (ou instituição) só é arguida quando há provas claras para se formar suspeita e só entra em julgamento quando há fundamento de processo.

A ‘culpa’ é apenas uma questão de ética e como dizia o anterior Presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado: «A “ética” cada um tem a sua!»

A “maleabilidade” de uma “ética” que serve os interesses individuais e temporais faz com que hoje as pessoas mais distraídas não saibam o que é certo ou errado baralhando os super heróis defensores da justiça!

Rir para não chorar!

 

 

Assina o Primeiro-ministro sem Pastel desta nação que é o Movimento de Humor, José Gomes