Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mOVIMENTO de hUMOR

Desenhos originais com um hUMOR que ou fazem pensar ou fazem ranger os dentes.

AIRBUS PAGA PARA EVITAR PROCESSOS DE CORRUPÇÃO

Gomes, 06.12.22

MH-3-06-12-2022.jpg

 

A “joia da coroa” do executivo municipal de Coimbra, materializada na vinda da grande empresa AIRBUS para o nosso concelho, aceitou pagar uma multa de 15,9 milhões ao Tribunal de França para evitar processos por corrupção.

Os factos em causa foram analisados no decurso de três investigações judiciais levadas a cabo em Paris.

- A primeira diz respeito às suspeitas de financiamento líbio da campanha presidencial de 2007 do antigo presidente francês Nicolas Sarkozy, aberta em 2013, visando a venda no final de 2006 de 12 aviões Airbus ao regime de Mouammar Kadhafi.

- A segunda, denominada 'Kazakhgate', aberta em março de 2013, debruça-se sobre suspeitas de corrupção e comissões ilegais pagas a intermediários à margem dos contratos assinados entre França e Cazaquistão entre 2009 e 2010, na presidência de Sarkozy.

Os contratos diziam respeito ao fornecimento de helicópteros, um centro de satélites, dois satélites e 259 locomotivas, por um valor anunciado à época de dois mil milhões de euros.

- Por fim, a terceira diz respeito a suspeitas de corrupção de um gerente de uma sociedade privada e do seu filho por contratos com a República Checa, Koweit e Turqueministão.

No entanto, como se ousa dizer agora em Coimbra, “qualquer pessoa pode fazer uma acusação que entra logo em tribunal”!

A ousadia está na “moda” de inverter a verdade factual: que uma pessoa (ou instituição) só é arguida quando há provas claras para se formar suspeita e só entra em julgamento quando há fundamento de processo.

A ‘culpa’ é apenas uma questão de ética e como dizia o anterior Presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado: «A “ética” cada um tem a sua!»

A “maleabilidade” de uma “ética” que serve os interesses individuais e temporais faz com que hoje as pessoas mais distraídas não saibam o que é certo ou errado baralhando os super heróis defensores da justiça!

Rir para não chorar!

 

 

Assina o Primeiro-ministro sem Pastel desta nação que é o Movimento de Humor, José Gomes

COSTA E MARCELO DESEJAM “BOAS FESTAS” A TODOS OS PORTUGUESES

Gomes, 05.12.22

MH-2-05-12-2022.jpg

 

 

Se um cabaz de bens alimentares essenciais custa, em Dezembro 20222, mais 35,59 euros do que custava a 23 de Fevereiro 2022.

Abastecer a despensa com bens essenciais pode representar um gasto de 219,22 euros a mais para as famílias, mas isto não quer dizer que o Governo de António Costa e a Presidência de Marcelo Rebelo de Sousa não nos desejem “Boas Festas” com verdadeiro sentimento!

 

- É tão bonito!!!

 

Pois as fantásticas e novas tabelas de retenção no IRS isentam de imposto salários e pensões até 762 euros!

 

- E esta hem ?

 

É a boa organização do Governo Socialista com a benção de Marcelo!

 

Não acreditem nos argumentos da guerra ou do COVID 19!

Pois segundo a Eurostat: “As vendas a retalho recuaram em Outubro na zona euro e na União Europeia (UE), quer na variação homóloga quer em cadeia, com Portugal a registar a segunda maior subida mensal” divulgado hoje.

 

Portugal está a aumentar mais rápido os preços de bens alimentares em relação à UE.

 

O IVA dos bens essenciais, em Portugal,  continuam altos, apesar das viagens dos nossos governantes ao Catar!

 

Como a vida dos nossos governantes está bem para eles só lhes resta desejar umas “BOAS FESTAS” aos que lhes pagam as mordomias para fazerem asneiras!

 

Links para confirmarem a desgraça:

https://www.lusa.pt/article/39950921/vendas-a-retalho-recuam-em-outubro-na-zona-euro-portugal-com-2-%C2%AA-maior-subida-mensal

 

https://www.deco.proteste.pt/familia-consumo/orcamento-familiar/noticias/precos-estao-aumentar-alimentos

 

 

Texto da responsabilidade do Primeiro ministro sem Pasta do MH,

José Gomes

 

 

 

 

CAMINHAMOS PARA ONDE?

Gomes, 24.10.22

MH-15-24-10-2022.jpg

 

As desculpas da guerra ou da pandemia servem de argumento para a pobreza em Portugal. Por outro lado o IVA continua alto.

Em Portugal, não há mão-de-obra e por isso pede-se mais imigrantes sem especialização. Por outro lado cada vez mais jovens com grande formação académica emigram para o estrangeiro.

Os profissionais de saúde não têm condições para trabalhar, mas os contratos entre os familiares do governo de António Costa aumentam.

Cada vez há mais pessoas idosas na miséria, mas o Governo apresenta excedente orçamental.

Veja as duas notícias e confira para onde estamos a caminhar.

https://eco.sapo.pt/2022/10/21/portugal-e-o-pais-na-europa-com-maior-excedente-orcamental/?fbclid=IwAR0zSpYjNu73xariui3gT4AZl6u7FWHFlZYDRmQY_PrOIUjkWq5QgQj8tIM

 

https://sicnoticias.pt/pais/2022-10-23-Casal-de-idosos-despejados-de-casa-vive-nas-ruas-de-Lisboa-436f5eb9?fbclid=IwAR3BfivWdNVAEE8IBpnPIJuWqRVf52z3VF1xP4vZv5Asc8C51rLOg_h9LNM

 

Assina o Movimento de Humor!

LULA E BOLSONARO FARINHA DO MESMO SACO!

Gomes, 29.09.22

MH-15-21-09-2022.jpg

Os dois países são mais parecidos do que aparentam.
 
Os eleitores escolhem apenas entre candidatos “eleitos” pelas sondagens!
 
Mas isso ajuda o desenvolvimento dos nossos países?
 
NÃO!
 
A nossa mensagem é que se oiçam os outros candidatos
e se afastem dos dois candidatos “farinha do mesmo saco”!
 
 
Assinado pelo Primeiro-ministro desta democrática nação
que é o Movimento de Humor e cartunista José Gomes

MAIS VALE SUSTENTAR UM BURRO A PÃO DE LÓ DE VALE DE CAMBRA !

Gomes, 11.07.22
 

MH-711-07-2022.jpg

 
 
«Os fogos no interior, devem-se ao Oxigénio.»
«O Bacalhau à Brás é o maior culpado pelo entupimento das urgências de saúde no Verão.»
«Os médicos é que são uns cobardes.»
São só algumas “pérolas de sabedoria”
com que nos tem brindado o Governo de António Costa.
 
O interior longínquo de Portugal...perdão, de Lisboa, é muito mais difícil de satisfazer e, talvez por isso, Costa quer juntar todos num recinto.
 
Fazer sair as pessoas das aldeias para defenderem o ambiente ecológico numa grande cidade.
Um plano político que a Ministra da Saúde eleita por Coimbra, Marta Temido, segue à risca. Como é de esperar por ter tanta proteção de Costa.
 
Deixar o interior de Portugal completamente vazio de pessoas. Poupando-se no esforço para apagar incêndios e para reduzir Centros de Saúde. À semelhança do que já aconteceu com os postos de Correios, Caixa Geral de Depósitos (que deveria ajudar a banca a chegar ao interior), Tribunais e demais instituições que chamam gente.
A verdade é que as tarifas cobradas nas estradas portuguesas que nos levam ao Interior também são proibitivas! Provando que a estratégia socialista é mesmo concentrar mais gente nas duas mega cidades portuguesas.
O CDS-PP de Vale de Cambra é que não foi na estratégia de António Costa e, sem medo de represálias socialistas, fez uma moção de protesto onde foram fechados os centros de Saúde abrangendo 40 aldeias.
 
O que é grave é que estas populações estão sem médico há mais de um mês.
 
Com votos de apoio do PSD e PS o CDS-PP de Vale de Cambra enviou a moção ao Presidente da República, Primeiro-Ministro, Ministra da Saúde, Área Metropolitana do Porto, grupos parlamentares da Assembleia da República, Administração Regional de Saúde do Norte e Agrupamento de Centro de Saúde Aveiro-Norte.
O CDS-PP de Vale de Cambra reclama a "normalização dos serviços" prestados pelos dois polos - dirigidos a uma população que é de 2.000 utentes, na sua esmagadora maioria pessoas idosas, durante a maior parte do ano e que duplica nos meses de verão e Natal com o regresso dos emigrantes.
 
Será que o Governo de António Costa não se apercebe que um interior mais abandonado ajuda a que haja mais incêndios ?
 
Entretanto, já recebemos mais de 4 mensagens da Aviso PROCIV para não fazermos fogos nos espaços rurais. 😃
Assinado pelo Primeiro-ministro desta nação que não se cala que é o Movimento de Humor, José Gomes

DIÁRIO DE UM BANANA? NÃO!

Gomes, 31.03.22

MH-24-31-03-2022.jpg

O diário que apresentamos não é o famoso «Diário de um Banana», mas é o da atual Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, escrito na primeira pessoa, como devem ser todos os Diários.
Para além desta deliciosa escrita ingénua acabamos por perceber a forte ligação que a atual Diretora Regional de Cultura do Centro (DRCC) tem com a Câmara Municipal de São João da Madeira.
Claro que esta forte ligação da Doutora Suzana Menezes com o município de São João da Madeira se vê bem na imensa publicidade que a DRCC faz dos organismos culturais do seu concelho (onde também foi diretora).
Compreendemos que o critério para a escolha da divulgação cultural seja o do concelho do seu coração e apenas esse!
Coisas que só o coração compreende!
O que não compreendemos é que a senhora Doutora Suzana Menezes foi desde 2009,
Chefe de Divisão da Cultura do Município de São João da Madeira, assumindo a direção e gestão de recursos humanos, gestão cultural e a gestão científica das instituições a seu cargo, a saber, Biblioteca Municipal e Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares, Museu da Chapelaria e Museu do Calçado, Paços da Cultura e Casa da Criatividade.
Assumindo a gestão de recursos humanos e estando a seu cargo a Biblioteca Municipal de São João da Madeira como é que não tem responsabilidades no processo mais longo sobre assédio moral na história da Justiça portuguesa ?
Ao fim de dez anos, a Câmara Municipal de São João da Madeira foi condenada por assédio moral à ex-diretora da Biblioteca Municipal, que teve que reformar-se por invalidez aos 55 anos.
Durante uma década, Helena Cruz esteve privada por incapacidade, de acompanhar o crescimento das suas filhas e ainda hoje sofre de uma profunda depressão que a obriga a ter acompanhamento psiquiátrico.
Como é que a atual Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, não sabia deste caso desumano?
Por que razão a atual Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, faz tanta publicidade a organismos culturais sob a alçada da Câmara Municipal de São João da Madeira, que vai ter de pagar 20 mil euros de indemnização, na sequência de um caso de assédio moral que remonta a 2009 (sendo nessa altura responsável)?
Primeiro-ministro do MH
José Augusto Gomes

VOTAR EM ANTÓNIO COSTA ?

Gomes, 28.01.22

MH-18-28-01-2022.jpg

Se o objetivo do eleitor é aumentar o seu CUSTO DE VIDA
e o de toda a gente - é o VOTO CERTO!
 
Mas não se esqueça que está a obrigar os que têm menos posses
a pagar a vida mais cara, o que aumenta a insegurança dos seus.
Vamos a um caso prático: vai colocar combustível na sua viatura e paga 47, 03 Euros de combustível, mas acrescido de um valor
de 55, 86 Euros para impostos (ISP, SCB e IVA).
 
Se considerar que grande parte de todos os produtos
que compramos passam por tarifa de transporte
logo acabam também por influenciar o preço de todos os produtos mais básicos (onde ainda acresce o IVA que obriga a pagar rico ou pobre).
 
Alguns socialistas ainda podem dizer que é necessário dinheiro tirado a todos (veja IVA) para pagar a Saúde grátis, o ensino...
Mas nem todos os portugueses têm médico de família e a Saúde grátis é paga nas taxas moderadoras e exames - desmascarando a demagogia.
 
Mas ainda pode achar que esse dinheiro é para o bem comum!
 
Vamos ver o que o Governo não desmente: grande parte do capital sacado a todos vai para pagar a TAP, os buracos dos gestores da Banca, os contratos com familiares dos elementos do Governo e, como se não bastasse, o Governo de António Costa foi um dos mais caros desde o 25 de Abril.
Os que votam em António Costa, já sem argumento para defenderem o indefensável ainda dizem: mas o Governo do Passos Coelho e Paulo Portas era pior!
 
A esses o Movimento de Humor responde com um vídeo de formação escolar da RTP que diz que quem chamou O FMI para Portugal foram governos liderados por “socialistas”.
 
Para quem quiser aprender sobre História: https://ensina.rtp.pt/.../as-intervencoes-do-fmi-em.../
 
Texto e imagem da responsabilidade do Primeiro Ministro
Do Movimento de Humor, José Augusto Gomes
 
28/01/2022

VORACIDADE DE COSTA PARA COMER TODOS OS FUNDOS

Gomes, 26.01.22

MH-16-26-01-2022.jpg

 
 
 
O Primeiro Ministro, António Costa, afastou Joana Marques Vidal da Procuradoria Geral da República.
O Primeiro Ministro, António Costa, colocou Mário Centeno, seu ex-ministro e homem de confiança, no Banco de Portugal.
O Primeiro Ministro substituiu o Presidente do Tribunal de Contas por um elemento da sua confiança.
Ou seja: o senhor Primeiro Ministro, António Costa, tem os mecanismos de Fiscalização perfeitamente controlados para fazer o que quer dos fundos europeus para Portugal.
Sabemos do nepotismo e por ter aumentado a equipa para se governarem com a aparente luta contra a corrupção.
Esta forma de controlar os mecanismos de fiscalização confere a António Costa uma confiança para poder controlar Portugal sem prestar contas a ninguém - está a “venezuelar” Portugal!
Responsabilidade do primeiro ministro do MH
José Augusto Gomes
26/01/2022

COSTA DEFENDE O QUE É NACIONAL ... ... E POR ISSO VAI DE RYANAIR !

Gomes, 17.01.22

 

MH-10-17-01-2022.jpg

1794 não é uma data de um acontecimento histórico!
 
O governo de António Costa injetou 1794 milhões de euros na TAP com o argumento que era necessário manter a companhia aérea portuguesa.
1794 milhões que não foram nem para a Educação, nem para a Saúde e seguiram para a companhia aérea que António Costa não usa!
1794 milhões para a TAP que, mesmo assim, levou ao despedimento de MUITOS funcionários!
1794 milhões para uma companhia não usada pelo candidato António Costa (PS) que prefere a companhia aérea CONCORRENTE da TAP.
1794 MILHÕES DE RAZÕES
PARA NÃO VOTAR EM COSTA!
 
Primeiro ministro do MH,
José Augusto Gomes
 
 
 
 

QUEREMOS MINISTROS IMIGRANTES !

Gomes, 31.07.21

MH JULHO 20-30-21.jpg

A senhora ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa,
já pertence ao grupo onde está Marta Temido, Eduardo Cabrita, Santos Silva e o próprio Costa,
ou seja : ao grupo dos que podiam
ser substituídos por imigrantes.


A senhora ministra da Coesão Territorial não conhece o país que governa e como na escola primária antiga (frequentada pela Ana Abrunhosa) leva com uma ORELHAS DE BURROS por NÃO SABER QUE:

1_A dotação das verbas para POLÍTICA TERRITORIAL (PT 2020)
foram 90% para Lisboa, Cascais e Porto (o resto do país fica sem infraestruturas e ainda fecham bancos, Correios, Tribunais, Maternidades, etc. );


2_Os estudantes do ensino superior ou trabalham em funções não especializadas, ou como estagiários (no fim do estágio levam um xuto no rabo) ou emigram (a maior parte das vezes passam tor todas as fases);


3_Os despedimentos são uma constante e tendem a aumentar em Portugal;


4_As maiores faturações das empresas portuguesas estão nas energias e na venda de automóveis;


5_ A importação é muito maior que a exportação. A exportação não é de grandes produções - ou seja são as médias empresas que ainda sustentam as exportações);


6_ Os impostos BURROS (que não distinguem quem pode pagar de quem não pode -como o IVA e o IRC - colocado nos preços dos produtos) AUMENTAM com o pretexto de não se comer carne, nem pão, nem açúcar, nem usar combustíveis;


7_ As portagens muito altas vão proibindo a deslocação por Portugal - o que desertifica Portugal - como provam o INE;


8_Portugal não pode competir com países de mão-de-obra escrava como a Coreia do Norte, Cuba, Venezuela, China. Nem deve querer! Por isso a produção tem que ser na especialização e não no trabalho indiferenciado!


Como Ana Abrunhosa não sabe nada disto, diz com o seu ar mais candido e inocente de quem não é ministra:
«- Estando nós num período especial de investimento, vamos precisar de muita mão de obra, de muitos trabalhadores, e acredito que isso só se consegue com uma política muito ativa de atração de imigrantes e tratando-os bem». A senhora bem pode colocar os seus filhos ou netos, enfim os parentes jovens, a trabalharem como mão de obra - afinal vão ser bem tratados! 


Será que Portugal vai receber mais uns fundozitos da Europa por receber imigrantes?

Será a ministra está a colaborar para receber mais uns trocos sem que Portugal seja independente?


Será que Ana Abrunhosa acha que os portugueses não vêm o que se passa em volta?


https://www.jn.pt/.../ministra-da-coesao-diz-que-portugal...


Mantenham-se em segurança de tanta asneira!
Gomes