Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mOVIMENTO de hUMOR

Desenhos originais com um hUMOR que ou fazem pensar ou fazem ranger os dentes.

DIÁRIO DE UM BANANA? NÃO!

Gomes, 31.03.22

MH-24-31-03-2022.jpg

O diário que apresentamos não é o famoso «Diário de um Banana», mas é o da atual Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, escrito na primeira pessoa, como devem ser todos os Diários.
Para além desta deliciosa escrita ingénua acabamos por perceber a forte ligação que a atual Diretora Regional de Cultura do Centro (DRCC) tem com a Câmara Municipal de São João da Madeira.
Claro que esta forte ligação da Doutora Suzana Menezes com o município de São João da Madeira se vê bem na imensa publicidade que a DRCC faz dos organismos culturais do seu concelho (onde também foi diretora).
Compreendemos que o critério para a escolha da divulgação cultural seja o do concelho do seu coração e apenas esse!
Coisas que só o coração compreende!
O que não compreendemos é que a senhora Doutora Suzana Menezes foi desde 2009,
Chefe de Divisão da Cultura do Município de São João da Madeira, assumindo a direção e gestão de recursos humanos, gestão cultural e a gestão científica das instituições a seu cargo, a saber, Biblioteca Municipal e Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares, Museu da Chapelaria e Museu do Calçado, Paços da Cultura e Casa da Criatividade.
Assumindo a gestão de recursos humanos e estando a seu cargo a Biblioteca Municipal de São João da Madeira como é que não tem responsabilidades no processo mais longo sobre assédio moral na história da Justiça portuguesa ?
Ao fim de dez anos, a Câmara Municipal de São João da Madeira foi condenada por assédio moral à ex-diretora da Biblioteca Municipal, que teve que reformar-se por invalidez aos 55 anos.
Durante uma década, Helena Cruz esteve privada por incapacidade, de acompanhar o crescimento das suas filhas e ainda hoje sofre de uma profunda depressão que a obriga a ter acompanhamento psiquiátrico.
Como é que a atual Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, não sabia deste caso desumano?
Por que razão a atual Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, faz tanta publicidade a organismos culturais sob a alçada da Câmara Municipal de São João da Madeira, que vai ter de pagar 20 mil euros de indemnização, na sequência de um caso de assédio moral que remonta a 2009 (sendo nessa altura responsável)?
Primeiro-ministro do MH
José Augusto Gomes

NA CHINA RESPIRA-SE MELHOR ?

Gomes, 09.07.20

MH JULHO 20-08.jpg

Portugal tem excelentes relações com a China
e por isso o Estado Português acredita
que se respira melhor na China do que,
por exemplo, nos EUA.

A polícia não coloca joelhos na garganta de ninguém na RPC.
Como têm poder económico e controlam parte da economia portuguesa...a apoiada comunicação social vira a cabecinha apenas para o lado de Trump e do Bolsonaro.

Vamos deixar a coisa clara: Trump e Bolsonaro são extremistas, radicais, têm ideias de trampa, são uma vergonha para a política dos seus países e do mundo,
mas não estão sós. A questão é que deixam de ver quem está do outro lado do crime.

Em Portugal, o senhor presidente Marcelo
até tratou com devoção o Xi e tratou com desdém Trump, dando exemplo à comunicação social que se deve dar ENORME DESTAQUE A QUALQUER ASNEIRA
POLÍTICA NOS EUA,
mas virar a cara ao que acontece na República Popular da China - não vá Marcelo e Costa perderem votos
dos extremistas de Esquerda e do capital vermelho da RPC.

Para nossa desgraça: o Estado português considera
que há extremistas bons e extremistas maus.

Extremista é contra a liberdade individual e contra a democracia, tanto faz vir da Direita como da Esquerda.

Mas a nossa comunicação social dá apenas uma notinha sobre a violação,
perseguição,
esterilizarão das mulheres,
envio para campos de "doutrinação política",
tortura e morte da minoria étnica na China: os UIGURES.
Por outro lado o governo de Xi Jinping
incentiva a etnia Han a ter mais filhos.
(ver aqui: https://www.swissinfo.ch/…/foreign-affairs_switzer…/45396010 ou na reportagem da BBC: https://www.youtube.com/watch?v=0erzbX0Kg3k)

Lembram-se do "banho" com imagens e reportagens
do assassinato do afro-americano por agentes da polícia?

Lembram-se da frase repetida até à exaustão da vítima:
«NÃO CONSIGO RESPIRAR»?

E do massacre da etnia Uigure da China?

Lá está, na China consegue-se respirar,
desde que se seja da etnia Han.

Mantenham-se alerta.

Gomes
09/07/2020