Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mOVIMENTO de hUMOR

Desenhos originais com um hUMOR que ou fazem pensar ou fazem ranger os dentes.

SE MORAR EM COIMBRA PODE TER A SUA CASA ILEGAL DURANTE 18 ANOS QUE NÃO HÁ PROBLEMA

Gomes, 10.07.20

MH JULHO 20-09.jpgO executivo da CMC,
liderado pelo senhor Manuel Machado,
dá o exemplo dizendo que é possível ter um edifício ilegal durante 18 anos e só depois é que o legaliza.

É exactamente o que está a acontecer com o Estádio Municipal Sérgio Conceição.

Bem sabemos que em Coimbra
abundam casos complicados ligados à construção,
mas para uns premeia-se o incumprimento
e para a maioria o chicote das normas absurdas
levadas à letra de forma.

Voltando ao Estádio, segundo palavras do presidente da CMC no artigo das Beiras assinado por Dora Loureiro:
«“Avaliado o terreno, pela câmara e por representantes
da família, ambas as partes chegaram a acordo
quanto aos valores envolvidos, o que permite à Câmara de Coimbra adquirir aquele terreno para finalmente legalizar a situação do Estádio Sérgio Conceição»

(ver artigo: https://www.asbeiras.pt/2020/02/camara-alcanca-acordo-para-comprar-terreno-do-estadio/)

Depois de 18 anos, eis finalmente a legalização de um edifício da própria Câmara, em ironia: que excelente exemplo vindo de cima.

Explicação: a família proprietária do terreno cedeu à CMC para construção de um estádio com a condição de poder urbanizar um terreno anexo. Mas parece que o Plano Diretor Municipal não previa a urbanização.

SURGEM AS PERGUNTAS QUE A COMUNICAÇÃO SOCIAL EM COIMBRA DEVERIA PROCURAR RESPOSTAS:

1- A CMC (enquanto instituição) desconhecia o Plano Diretor Municipal para aceitar o acordo?

2- Quem construísse uma urbanização perto de um estádio teria desvalorização ou valorização do empreendimento?

3-E a CMC constrói em terreno com acordo movediço? Notem que saiu das verbas públicas a sua construção e agora sai a compra de terreno.

4- Há quem diga que o terreno está a ser comprado
pela segunda vez, será assim?

5- Será que compram o terreno onde está situado o estádio ou compram também o que era para a suposta urbanização?

Mais um imbróglio idêntico a tantos outros em Coimbra.

Depois não há verbas,
mas já foi votada a compra do terreno.

Mantenham-se alerta!

Gomes
10/07/2020

NA CHINA RESPIRA-SE MELHOR ?

Gomes, 09.07.20

MH JULHO 20-08.jpg

Portugal tem excelentes relações com a China
e por isso o Estado Português acredita
que se respira melhor na China do que,
por exemplo, nos EUA.

A polícia não coloca joelhos na garganta de ninguém na RPC.
Como têm poder económico e controlam parte da economia portuguesa...a apoiada comunicação social vira a cabecinha apenas para o lado de Trump e do Bolsonaro.

Vamos deixar a coisa clara: Trump e Bolsonaro são extremistas, radicais, têm ideias de trampa, são uma vergonha para a política dos seus países e do mundo,
mas não estão sós. A questão é que deixam de ver quem está do outro lado do crime.

Em Portugal, o senhor presidente Marcelo
até tratou com devoção o Xi e tratou com desdém Trump, dando exemplo à comunicação social que se deve dar ENORME DESTAQUE A QUALQUER ASNEIRA
POLÍTICA NOS EUA,
mas virar a cara ao que acontece na República Popular da China - não vá Marcelo e Costa perderem votos
dos extremistas de Esquerda e do capital vermelho da RPC.

Para nossa desgraça: o Estado português considera
que há extremistas bons e extremistas maus.

Extremista é contra a liberdade individual e contra a democracia, tanto faz vir da Direita como da Esquerda.

Mas a nossa comunicação social dá apenas uma notinha sobre a violação,
perseguição,
esterilizarão das mulheres,
envio para campos de "doutrinação política",
tortura e morte da minoria étnica na China: os UIGURES.
Por outro lado o governo de Xi Jinping
incentiva a etnia Han a ter mais filhos.
(ver aqui: https://www.swissinfo.ch/…/foreign-affairs_switzer…/45396010 ou na reportagem da BBC: https://www.youtube.com/watch?v=0erzbX0Kg3k)

Lembram-se do "banho" com imagens e reportagens
do assassinato do afro-americano por agentes da polícia?

Lembram-se da frase repetida até à exaustão da vítima:
«NÃO CONSIGO RESPIRAR»?

E do massacre da etnia Uigure da China?

Lá está, na China consegue-se respirar,
desde que se seja da etnia Han.

Mantenham-se alerta.

Gomes
09/07/2020

 

MUITA GENTE JUNTA, MUITOS PROBLEMAS

Gomes, 08.07.20

MH JULHO 20-07.jpgNo dia 7 de Julho de 2018
o governo de António Costa
garantia que em 2019 iniciava o Metro em Coimbra.

O ministro que prometeu,
e não cumpriu,
foi "defender" os interesses de Portugal
na Europa
(percebe-se quais os interesses que vai defender).

(Confirmar aqui: https://www.youtube.com/watch?v=XMENuJyWqu4)

Em 2020 é anunciado: «O Orçamento do Estado (OE)
para 2020 reserva 22 milhões de euros para o Sistema
de Mobilidade do Mondego (SMM), a executar este ano,
o que equivale a 26% do investimento total no projeto,
que inclui intervenções no antigo ramal ferroviário da Lousã
e na construção de uma linha urbana, em Coimbra,
entre a Baixa e os Hospitais da Universidade.»

(Ver aqui: https://observador.pt/2020/02/14/governo-lanca-empreitada-de-abertura-do-canal-do-metrobus-em-coimbra/)

Também em 2020 é anunciado: «Em maio, o Metropolitano
de Lisboa assinou o contrato para a primeira empreitada
do plano de expansão da rede, num investimento de 48,6 milhões de euros. O Governo estima iniciar a obra
ainda este ano.»

(Ver aqui: https://www.noticiasaominuto.com/economia/1525542/metro-de-lisboa-inicia-hoje-estudo-na-estrela-previo-a-obra-de-expansao)

Qual o investimento a arrancar primeiro: a expansão do Metro Lisboa ou de Coimbra?

Investir ainda mais em Lisboa não junta mais gente e isso não aumenta a propagação do COVID-19?

Façam as vossas contas.

Mantenham-se alerta.

Gomes
08/07/2020

BORA ESTURRICAR DINHEIRO ?

Gomes, 08.07.20

MH JULHO 20-04.jpgO Ministério da Saúde usa verbas
que deveriam ser usadas em recursos hospitalares
para comprar seguros a empresas privadas.

Já foram usados em,
pelo menos,
mais dois contratos anteriores.

Vamos contar em resumo
o que foi noticiado no Jornal de Notícias
de ontem domingo (05/07/2020):
Os trabalhadores de saúde com contratos individuais
de trabalho não têm direito a entrarem na ADSE
(pois estão em regime de trabalho precário)
e por isso o ministério decidiu
contratar seguros de saúde a empresas privadas.

Ou seja estão a gastar a verba dos recursos hospitalares
em contratos com algumas empresas de seguros privados que levam o segurado para hospitais privados.

O ministério da Saúde a reconhecer a qualidade do SNS?

A má gestão está no esbanjamento da verba para a Saúde.

Mantenham-se alerta!

Gomes
06/07/2020

DISCRIMINAÇÃO CONTRA LGBTQ E OUTROS

Gomes, 02.07.20

MH JULHO 20-01.jpg

POR QUE SERÁ QUE NÃO HAVIA PAGAMENTO
DE IMPOSTOS NA PRÉ-HISTÓRIA?

Se considera que não havia bancos para apoiar
e por isso não havia necessidade
de impostos - tem só alguns pontos da resposta certa.

A realidade é que os impostos servem para:
- Termos uma menor diferença social (por exemplo: não haver bancos a embolsarem milhões e pequenas empresas sem ajuda ou haverem familiares de ministros com privilégios e não haver dinheiro para máscaras a fim de controlar a gripe chinesa);
- Equilibrar condições por todo o país (por exemplo: não ajudar apenas as grandes cidades, mas haver esforço para que a população não esteja APENAS concentrada em 2 cidades);
- Ajudar ao desenvolvimento do país (criando melhores condições de Instrução, Saúde e apoio social).

Na pré-história não havia estrutura para conhecer estas necessidades (ao que sabemos). Hoje, temos essas necessidades, pagamos impostos, mas esses impostos não cumprem essas funções.

O Portal das matrículas é um exemplo de como se desperdiça dinheiro num programa que não funciona, que fazem os encarregados de educação perderem tempo do trabalho para pagar impostos e toda a gente assobia para o lado.

O gabinete do ministro Tiago Brandão Rodrigues
(Educação e Ciência) garante que "o Portal das Matrículas está em funcionamento, estando a ocorrer sistematicamente operações de robustecimento da operação".
No entanto, "para que todos os procedimentos possam concluir-se com tranquilidade, numa altura de excepção
para todas as famílias, o Ministério da Educação prolonga o prazo por mais 24 horas".
Cómico mesmo é estar tudo bem, mas...

(ver aqui: https://rr.sapo.pt/…/aflito-com-o-portal-da…/noticia/198542/)

Agora vamos ver as reclamações no site do Governo de Portugal- Ministério da Educação e Ciência - das pessoas que não conseguem aceder ao portal das matrículas e que não têm resposta (ver aqui: https://portaldaqueixa.com/…/ministerio-da-educacao-e-da-ci…)

A verdade é que este portal já não funciona desde 2015
e agora (com a covid-19 e ninguém do ministério
da Educação e Ciência estava a prever que em Junho/Julho haveria mais problemas pela obrigatoriedade das matrículas serem apenas via informática).

https://observador.pt/…/problemas-no-portal-das-matriculas…/

Ou seja: abençoados impostos!

Mantenham-se alerta.

Gomes
01/06/2020

MAIS UMA EMPRESA APOIADA PELO GOVERNO ?

Gomes, 29.06.20

MH JUNHO 20-23.jpg

A revista Visão (25 de Junho 2020)
publicou um artigo com o título:
«Suspeitas de favorecimento no negócio de drones»,
no Movimento de Humor estamos crentes
que é mais uma medida do governo para apoiar empresas, tal como o apoio ao Novo Banco.

O senhor ministro do Ambiente Matos Fernandes
(o da mudança das aldeias do Mondego,
dos aterros com importação de lixo estrangeiro,
o que é contra a construção de aeroportos fora de Lisboa
e que diz que as máscaras descartáveis devem ir para o lixo comum) leu os 303 requisitos técnicos onde 95%
são "essenciais" e permitem a anulação das candidaturas.

Então vamos ver o sumário
da história contada no artigo:
1- A empresa que vai ficar com o contrato confirma
que muitos meses antes da abertura do concurso foi sondada pela Força Aérea Portuguesa -FAP-
(que por acaso desenhou os requisitos para a compra
com 95% de condições eliminatórias). A AFP confirmou
a visita
à empresa que corresponde com a exigência do concurso;
2- O ministro do Ambiente anuncia a compra de 12 drones
e lê especificações detalhadas ( com uma especificidade
de descrição de apenas um tipo de drone - que só por acaso
é da empresa que concorre) dadas pela FAP no dia
11 de Maio 2020.
3- O consórcio que juntou empresas e que estranhou o caderno de encargos entregou uma nota à FAP que dizia:«Concluiu-se à sociedade que, apesar da aparência
de abertura, o procedimento é fechado à concorrência reflectindo uma escolha predefinida da entidade adjudicante».

Este tipo de "concurso",
que em lugar de especificar as necessidades,
especifica a forma técnica com pormenor de descrição (sendo estas decisórias) e tendo a entidade júri
contacto com uma das empresas em vez de uma reunião
com todas as empresas com condições
para entrarem no concurso.

Dado que o PIB conta muito com o dinamismo empresarial, este tipo de comportamento do governo
desmotiva este dinamismo empresarial
(em vez de incentivar - desmotiva).

Mantenham-se ALERTA!

Gomes

29/06/2020

PORTUGAL TRANSFORMADO NUMA ABSOLUTA REPÚBLICA DAS BANANAS

Gomes, 26.06.20
 

MH JUNHO 20-22.jpg

 

O senhor António Costa não gostou
do que ouviu na reunião desta quarta-feira
(24-6-20202)
na sede do Infarmed, onde políticos,
parceiros sociais e especialistas em saúde pública
voltaram a fazer um ponto de situação
sobre a Covid-19 em Portugal.
 
O senhor primeiro ministro
tirou a palavra à ministra da Saúde
(como um qualquer "coronel" da América do Sul)
quando esta falava de confinamento
e disse que o tipo de linguagem,
a falta de clareza dos dados que lhe têm chegado
impedem o Governo de montar uma estratégia.
 
Estará a falar dos eventos que permitiu abrir em Lisboa,
mas que não têm apoio da realidade ?
 
"Coronel" Antônio El Costa
vincou que Portugal
não esteve em confinamento
(a sério ?! Nunca estivemos em confinamento ?)
e alegou que a actividade económica nunca paralisou completamente
(AH! POR ISSO É QUE NÃO HOUVE DESPEDIMENTOS
E NÃO HÁ CRISE)
 
Considerando,
El Coronel,
que não facilitam a transmissão
de uma mensagem de serenidade
e prejudicam o trabalho que o Governo
tem vindo a fazer.
(ESTARÁ A REFERIR-SE A VERBA
ENTREGUE AO NOVO BANCO ?
OU AO APOIO DA LIGA DE CAMPEÕES?
SERIA O TRABALHO QUE TIVERAM
PARA PERMITIR A FESTA DO AVANTE?
SERÁ QUE ESTÁ A FALAR
DO TRABALHO DO MINISTRO DO AMBIENTE
QUE DISSE QUE AS PESSOAS DEVIAM LARGAR
AS MÁSCARAS NO LIXO COMUM
POR FALTAR CAPACIDADE DO MINISTRO?
 
El Coronel esqueceu-se
de analisar que a atitude de ditadorzinho
estava a prejudicar MUITO MAIS
o Governo.
 
O ditadorzinho ficou desconfortável
com o facto de pela primeira vez,
em nove reuniões,
ter sido contrariado pelos epidemiologistas presentes.
“Foi um momento de frustração porque a retórica
de que está tudo bem acabou”,
atirou um responsável político.
 
Com Marta Temido cabisbaixa,
Marcelo incrédulo,
El Coronel sai da sala de rompante.
 
(https://visao.sapo.pt/atualidade/politica/2020-06-25-covid-19-costa-irritou-se-com-marta-temido-e-obrigou-marcelo-a-acabar-reuniao-no-infarmed/)
 
Como reagiu depois a YES-MAN da ministra da Saúde?
 
«Se o ministro puxou as orelhas à ministra
teria certamente razão.»
Foi esta a resposta de Marta Temido
confirmando a equipa de "ministros-banana"
do ditadorzinho.
(https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/marta-temido-se-o-primeiro-ministro-puxou-as-orelhas-a-ministra-teria-certamente-razao?ref=DET_relacionadas_portugal)
 
RESUMO: Temos ministros que não sabem
o que andam a fazer;
um presidente da República mole
que só quer tirar auto-fotografias;
um primeiro ministro com ares de ditadorzinho
que não tem a coragem do seu camarada Xi Jinping
para se assumir como ditador vermelho
e temos parte da oposição a apoiar,
a outra oposição a dormir
e, ainda, uma outra a dizer coisas sem sentido.
 
Vamos falar de política séria:
 
1- Lisboa não é Portugal
(parte não é o todo),
e há eventos que poderiam ser distribuídos
pelo VERDADEIRO PAÍS REAL
para não acumular tanta gente numa única cidade.
Ao mesmo tempo que incentiva a população a distribuir-se para combater o risco de contagio, combater a criminalidade
e as dificuldades sociais;
 
2- Deixar claro os critérios para combater a gripe chinesa;
 
3- Ter a coragem para pedir a devolução do capital entregue indevidamente ao Novo Banco para apoiar a produção portuguesa e para tornar Portugal menos dependente
do estrangeiro. Não implica fechar fronteiras,
implica melhor controle e mais força à nossa economia.
 
4- Fazer um levantamento correcto sobre onde se gasta
o capital da Segurança Social
e o que é arrecadado pelas Finanças,
tendo coragem para divulgar - o Estado necessita de BOA IMAGEM, para que possamos ajudar o governo.
 
Isto é básico!
 
Mantenham-se em segurança
por vossa conta e risco.
 
Gomes
26/06/2020
 

PANDEMIA AJUDA A ENRIQUECER A REPÚBLICA POPULAR DA CHINA

Gomes, 25.06.20

MH JUNHO 20-19.jpg

O estudo da revista Visão junto com a Bloomberg
e em artigo publicado no número 1423 (11/6 a 17/6 2020) mostra que as empresas que mais crescem
estão na República Popular da China (RPC) 37,6%
seguida dos EUA 28,8%.

A gripe que iniciou pandemia na China
(por isso gripe chinesa,
tal como outrora a gripe espanhola)
estendeu-se pelo mundo
tal como os lucros das empresas na China.

Apesar da esmagadora maioria dos chineses
viverem em absoluta miséria,
o poder de compra individual ser abaixo da média mundial,
do governo comunista usar de tirania
e da RPC ser um dos países que mais poluem
SEM QUE HAJA PLANETA B,
a RPC aproveitou a onda de pandemia
para arrecadar mais capital.

As medidas que um governo toma
num país implica muito sobre todos os outros países.

Sobretudo com a Saúde,
Condições laborais
e Ambiente.

No caso da China a pandemia, causada
pela falta de investimento nas populações
com mais dificuldade
e a falta de inspecção sanitária
chinesa causaram o alargamento da pandemia.
Dando o alerta quando já era demasiado crítico
e de difícil controle.

Mas como a China anda a duas velocidades:
a do lucro rápido e a da quase escravatura
com a bênção do Estado perpétuamente comunista,
acaba por controlar capital
e produção que cala as instituições internacionais.

Enquanto o mundo se preocupa
com as parvoíces de Trump
ou as burrices de Bolsonaro,
Jinping passava a ter permanência no poder da China
e continua a aumentar a poluição do planeta
(sendo o país que mais crimes ambientais comete).

O nosso MAIOR alerta é para que o mundo
se indigne com os abusos de quase escravatura
a que sujeitam a maioria dos chineses
e para que haja muito mais controle ambiental,
de saúde e de condições laborais
feito a nível internacional.

Não basta que um país tome medidas
de controle de Saúde, Laboral ou Ambiental
se no mundo há países que cometem abusos e crimes.

Com a pandemia
já entendemos que há,
pelo menos, 3 áreas
que podem trazer consequências mundiais.

Não será o momento para activar
uma taxa internacional de solidariedade
a favor das pessoas e do ambiente pelo mundo ?

Mantenham-se alerta.

Gomes
25/06/2020

QUAL A RAZÃO PARA HAVER TANTAS MEDIDAS ERRADAS DE GOVERNAÇÃO ?

Gomes, 23.06.20

MH JUNHO 20-18.jpg

As medidas de contenção da covid-19
(a gripe chinesa) e a Champions League.

Com o senhor primeiro-ministro
a dizer que a Champions é uma homenagem
aos profissionais de saúde,
talvez por que está a criar uma situação
para aumentar o trabalho destes profissionais.

Melhor remuneração para estes profissionais?- Não,
que o Estado não tem dinheiro!
É só mesmo MAIS TRABALHO
e sem condições.

Aumentando a "piada" com o discurso
de Marcelo Rebelo de Sousa
(o que ocupa o cargo de Presidente da República)
a pedir comportamentos mais responsáveis aos jovens.

Os prejuízos gigantes do Novo Banco,
o "empréstimo" indevido de mais capital
(muito mais do que por exemplo para a cultura
a nível nacional).
"Empréstimo" indevido feito por um ex-ministro
que quer muito ser governador do Banco de Portugal.

Por que será que quer muito a pasta
de governador do Banco de Portugal?

A precariedade de emprego que aumentou,
as baixas reformas,
as reformas cada vez mais tarde
e a Segurança Social de dente afiado a tentar apanhar tudo
o que pode (dando prémios a funcionários da SS
que mais processos façam),
sendo que o capital foi para um ex-ministro
fazer investimentos errados
e não ser responsabilizado,
ou andar a ser desperdiçado numa máquina
que não assegura o apoio social
(consumindo mais do que produz).

Mas deve haver uma explicação para tanta burrice !

Na capa do Jornal de Notícias,
este domingo passado (21 de Junho 2020),
com o título «ESTADO DÁ MILHARES DE CACHIMBOS A VICIADOS EM CRACK PARA EVITAR CONTÁGIOS»
encontrámos uma pista que nos poderá esclarecer.

(Confirmar: https://www.jn.pt/…/estado-da-milhares-de-cachimbos-a-vicia…)

Segundo o artigo: o ministério da Saúde,
pelo seu organismo SIDAC,
recebeu 300 mil euros da Gulbenkian.

Desse bolo o governo colocou 205 mil euros para a compra de cachimbos a entregar a viciados em crack
(a droga é considerada pesada e tem por base a cocaína - excitante) e os outros 95 mil euros para a compra de material para as equipas que vão fazer a distribuição.

Com objectivo dos viciados não se contaminarem
com covid-19 entre si
(já com enormes riscos de HIV,
Tuberculose e hepatites virais).

A recolha dessas pessoas vítimas,
do inicio em drogas leves (as que querem liberalizar)
e agora das pesadas,
devem ser internadas em instituições de desintoxicação?

Segundo este governo e os outros: Não!

Devem é comprar material para continuarem
a consumir um tipo de droga ilegal
e aumentarem os problemas sociais e de segurança
deixando essas pessoas,
com comportamentos perigosos
(para si e para os outros)
em liberdade.

O Movimento de Humor, agora,
já entende por que razão o governo
comete tantas asneiras: anda tudo na "DROGA"!

Colocam familiares em cargos públicos,
favorecendo os irmãos, primos, filhos, esposas,
pais de membros do Estado
para comprarem a "DROGA".

Esta gente do Estado anda viciada
em consumir mais!

Leitores,
reforcem a vossa segurança
porque o Estado garante-vos
cada vez mais insegurança.

Gomes
23/06/2020

BADEN-POWELL DECAPITADO EM COIMBRA

Gomes, 22.06.20

MH JUNHO 20-17.jpg

O busto de Robert Baden-Powell, em Coimbra (freguesia de Santa Clara),
sofreu de vandalismo criminoso,
sábado passado (20 de Junho 2020).

Este busto foi mandado fazer
pelos escuteiros de Santa Clara (Coimbra) e suspeita-se que este crime esteja nesta onda de manifestações anti-racistas.
Onde o crime se esconde por trás da máscara
de manifestação.

Estes crimes lembram os tempos
em que Camilo Mortágua (pai das deputadas que representam o Bloco de Esquerda)
e liderado por Palma Inácio cometiam crimes
em nome do "idealismo".

O caso do assalto em 1967
ao Banco de Portugal da Figueira da Foz
onde os cerca de 30 mil contos [150 mil euros]
foram roubados, explicando os ladrões
que era para investir em armas.

No caso das esculturas partidas será
para destruir as memórias da História,
como fazia o Nacional Socialismo Alemão
ao queimar livros em praça pública.

Os actos de manifestação
não se realizam com actos criminosos de vandalismo,
sejam assaltos ou outras destruições de bem público.

O Movimento de Humor teve a informação que o senhor presidente da CMC, Manuel Machado, ligou para o senhor Presidente da União de Freguesias Santa Clara e Castelo Viegas, José Simão, para dizer que o executivo da Câmara estava solidário e predisposto a pagar novo busto.

Esperamos todos que haja solidariedade
suficiente para apanhar o(s) criminoso(s)
que confundem crimes com protestos.

Cometer crimes em nome de protestos
e sair impunes é intolerável !

No caso do assalto ao banco da Figueira da Foz
até querem aparecer como heróis
e exemplares cidadãos.

(Ver aqui: https://expresso.pt/sociedade/2016-11-05-Pai-Mortagua-no-lancamento-de-livro-sobre-assalto-ao-Banco-de-Portugal)

Estamos em crer que o Partido Socialista de Coimbra
vai pressionar para que as Autoridades
descubram quem cometeu este crime
que não deve passar impune.

Gomes
22/06/2020